Sérgio Paulo Silva

(1950)

Sérgio Paulo das Neves Rodrigues da Silva nasceu em fevereiro de 1950 na vila de Salreu, concelho de Estarreja.

Frequentou o Liceu Nacional de Aveiro na década de 60. Saltando depois de instituição em instituição (Colégio de Estarreja, Liceu D. João de Castro, em Coimbra, um Colégio de Padres no Porto, donde fugiu após 15 dias de internamento, Colégio da Boavista no Porto) e depois estudando por si próprio, matriculando-se na Faculdade de Direito em Coimbra, curso que não pode realizar por incompatibilidade com a vida profissional

Aos 20 anos foi a salto para França onde trabalhou na construção.

Militar compulsivamente, andou por vários quartéis cumprindo 2 anos de guerra colonial (norte de Moçambique).

Operário toda a vida, continua a fazer batota em todos os jogos em que se mete.

Gosta de deambular pelo País, caçando e conhecendo terras e convivendo com as pessoas. É grande apreciador da boa gastronomia popular.

Em Assembleia Municipal, a Câmara de Sabugal elegeu-o unanimemente como escritor do concelho. Não usa máquinas de escrever ou computador, escreve à mão com tinta de esferográfica.

“Sou conhecido em toda a aldeia onde nasci por “Paulo da farmácia”, penso que como boa pessoa, mas a maior parte desconhece o homem que escreve e acho melhor assim, pelo que me poupa e preserva. Se alguém encontrar resíduos de utilidade nesses livros que publicitou, já me sentirei bem. Com poucos afagos se contentam os cães vadios”.